Petrobras conclui venda da Refinaria Landulpho Alves por US$ 1,65 bilhão

Petrobras conclui venda da Refinaria Landulpho Alves por US$ 1,65 bilhão

A Petrobras concluiu a venda da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), em São Francisco do Conde, na Bahia, e seus ativos logísticos associados. A informação foi divulgada pela própria empresa, que divulgou que o grupo Mubadala Capital apresentou a melhor oferta final no valor de US$ 1,65 bilhão.

De acordo com a BP Money, a venda inclui o Terminal de Madre de Deus, o Temadre, que é atualmente o maior porto do Nordeste e movimenta 20 milhões de toneladas de mercadorias e outros três terminais portuários: Candeias, Itabuna e Jequié. Além disso, no pacote estão os 669 km de dutos que integram a rede da refinaria, incluindo oleodutos que ligam a RLAM ao Temadre, oleodutos longos que ligam a RLAM aos Terminais de Jequié e Itabuna e também o oleoduto que liga a RLAM ao Complexo Petroquímico de Camaçari.

Em informe repassado ao mercado, a empresa afirmou que recebeu propostas vinculantes para venda da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (REPAR), no Paraná, mas optou pelo encerramento do processo, já que as condições das propostas ficaram aquém da avaliação econômico-financeira da Petrobras. Sendo assim, a empresa vai recomeçar o processo competitivo para essa refinaria.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *